Comida compartilhada!

sexta-feira, 14 de dezembro de 2007

Todas as pessoas que me conhecem sabem que eu sou um glutão assumido. Adoro comer muito mas, principalmente, adoro comer de tudo. No Rio, minha ruína era ir em um restaurante tipo “quilo”; felizmente a cultura do “quilo” ainda não foi assimilada em Buenos Aires. Eles tendem a prezar pela comida feita na hora, mas com poucos acompanhamentos. Eu adoro a comida feita na hora, só pra você, mas sinto falta de variedade. Para resolver esse problema de vez em quando me junto com outros glutões para colocar variedade na mesa.

Nesse dia, por indicação do Claudemir, resolvemos comer no Antojito Colombiano, que fica na av. Córdoba. A primeira impressão ao entrar é que fomos parar num pé sujo. Por mim ótimo, adoro pé sujos! O panorama era mais ou menos assim: televisão passando uma mistura de banda carrapicho com cumbia (a famosa dancinha do Tevez), decoração bizarra e atendimento por conta do dono. Quer mais pé sujo que isso? Pedimos o cardápio e colocamos nosso plano em ação: pedir várias comidas. Assim poderíamos beliscar de tudo, sem sair mais pobres, nem rolando.

Para iniciar os trabalhos pedimos o “pasabocas”, um tipo de prato que vem com um pouco de tudo. Provamos as “arepas” (pequenos discos de milho, assados ou fritos), “buñuelos” (bolinhos de milho recheados com queijo), carimañolas (pastéis de mandioca fritos com recheio de queijo ou carne), patacones (rodelas de banana verde frita), huevos en perico (um ovo mexido com tomate e cebola) e, como não poderia faltar, lá estavam as onipresentes empanadas! Mas, diferente das argentinas, essas eram feitas de massa de milho frita e recheadas de carne e batata.



Pasabocas

Não demorou muito o “pasabocas” acabou. Pausa para cerveja e bate papo. Retomada a fome, partimos para o prato principal. Resolvemos pedir dois pratos para os cinco: a “bandeja paisa” e a “sobrebarriga” (pelo nome eu percebi que o plano de não sair rolando estava indo por água abaixo!).

Dois pratos ótimos: a “sobrebarriga” é um bifão muito macio cozido com cebola e tomate por muito tempo. Já a “bandeja paisa” lembra os pratos do Brasil, um pouquinho de cada coisa: carne moída, arroz, linguiça, ovo, abacate!?, arepa e o feijão. Humm, gostinho de Brasil.


















Calma, tem para todos!

No fim, comemos de tudo, conversamos a noite toda, nos embebedamos, nos divertimos e saímos rolando. Boas lembranças com novos amigos.

3 comentários:

Ciana disse...

Ale, vc lembrava o nome dessas comidas todas mesmo?? Rolou uma wikipédia! Nossa, o unico nome que eu lembrava dessa historia toda era AREPA!

Ciana disse...

ps: mas o meu estômago lembra de tudo!

nham nham

quando vamos de novo? quero levar o Bruno!

Alexandre Seara disse...

Eu entrei no site deles e peguei o nome das comidas. Algumas eu me lembrava, outras não.